Page 7 - RPGS n.º 20
P. 7

unidade, em conjunto com todos que   de um sistema mais equilibrado,   esperança tendo em conta que a
           trabalham diariamente no terreno para   mais acessível e mais justo para as   decisão final é da geringonça no
           se poder maximizar as potencialidades   comunidades. Não me preocupa a   seu todo?
           e minimizar as gorduras e por fim   devolução pura e simples de espaços   Tenho referido de forma consistente
           um plano realista e racional para a   físicos, mas sim o desenvolvimento de   que o setor social é essencial nesta
           prevenção da doença               parcerias estratégicas que beneficiem   procura de melhoria especialmente
                                             o cidadão comum como é o caso dos   em dois pontos sensíveis e fulcrais: a
            Em sede de gestão de saúde e     Cuidados Continuados. Talvez não   acessibilidade e a livre escolha e estou
           dos vários modelos que a devem    saiba, mas foram elas que, numa fase   plenamente convicto que o ministro
           suportar, mantém-se o cerrar      inicial, assumiram esse papel nesta   partilhará da mesma opinião. No
           fileiras entre os que defendem a   área tão sensível fornecendo apoio   que respeita à “geringonça”, conheço
           estatização e os que preconizam   de elevada qualidade e libertando   políticos do PCP e do Bloco com
           um modelo mais flexível... mesmo   camas nos hospitais públicos a preços   conhecimentos de gestão de saúde e
           com a entrega da gestão de alguns   extremamente acessíveis.        que querem, mais do que tudo, o “bem-
           serviços aos setores social e                                       estar” das pessoas que servem nos seus
           privado... São compatíveis?       No entanto, continua a manifestar   cargos políticos de passagem e por isso
           Claro que são compatíveis e até   esperança num volte-face. É o     estarão sensíveis a argumentações
           desejáveis. É importante distinguir,   que resulta, por exemplo, do seu   bem sustentadas sobre a necessidade
           por um lado, o plano dos partidos   editorial na última edição da   de apoiar e reforçar o setor social
           políticos e os seus programas e, por   Revista Portuguesa de Gestão &   no plano geral para a Saúde. O que
           outro, a racionalidade da gestão da   Saúde, onde após elogiar o trabalho   é preciso é explicar, sem complexos
           nossa Saúde. No caso dos partidos   que tem vindo a ser desenvolvido   nem ambiguidades, qual o papel de
           há clivagens bem definidas quando   pelo ministro e pela sua equipa,   séculos das misericórdias como suporte,
           olhamos para o que é defendido pelo   que classifica de eficaz e eficiente,   muitas vezes único, nos cuidados
           PCP e Bloco de Esquerda quando    revela curiosidade sobre qual o   de saúde à população portuguesa e
           comparado com os outros partidos   papel que será reservado ao setor   o facto de serem associações cujos
           com representação parlamentar.    social... Em que sustenta esta sua   ganhos ou lucros são obrigatoriamente
           Quando falamos apenas de gestão em                                  reinvestidos nas próprias instituições.
           saúde no nosso país essa obriga a um                                E lembrar que para além da Saúde,
           entrosamento construtivo entre os                                   apoiam idosos, crianças e muitos
           setores público, social e privado pois                              carenciados da comunidade.
           temos necessariamente de conciliar
           doutrina política com a realidade da                                Um dos grandes “pilares” de
           comunidade onde vivemos.                                            suporte do setor privado – o
                                                A ADSE é a garantia
                                                                               único que tem crescido, pesem os
           A verdade é que os pequenos          da sustentabilidade            tempos de vacas magras – tem sido
           passos – mesmo tímidos – que se      das grandes                    a ADSE, cuja reforma não tardará
           deram com a entrega de algumas       operadoras privadas            muito a ser apresentada. Isto,
           unidades às misericórdias                                           num momento que pródigo em
           sofreram revezes após a entrada em   de saúde neste                 anátemas contra o setor privado.
           funções do atual executivo... E em   momento? Estou                 Com vozes de peso muito críticas,
           cena a cartilha dos partidos que o                                  contra os privados e a própria
           suportam no parlamento... No atual   convicto que sim.              ADSE, como a do ex-ministro
           contexto, alguma coisa pode mudar    É cartelizada e pratica        Correia de Campos... Que modelo
           a esse nível?                                                       defende para o sistema?
                                                preços elevados?
           Se os políticos no ativo conseguirem                                É normal que um Serviço Nacional
           colocar de lado algumas das ideologias   Comparando com as          de Saúde (SNS) progressivamente
           que porventura na Saúde possam       seguradoras e falando          enfraquecido em termos gerais,
           estar desfasadas ou desenquadradas                                  conjugado com o excelente “seguro”
                                                unicamente dos atos
           da nossa realidade, então teremos                                   de saúde que é proporcionado pela
           uma oportunidade única para uma      cirúrgicos é verdade           ADSE, criou condições únicas para
           reforma sustentada a médio prazo do   que tudo aponta para          um crescimento exponencial do setor
           nosso sistema de Saúde. Falou nas                                   privado que hoje não sobreviria se lhe
                                                que assim seja em
           Misericórdias e digo-lhe já que elas                                fossem subtraídos estes pacientes. No
           fazem parte essencial da construção   algumas situações             caso dos funcionários públicos e, tendo



                                                                  REVISTA PORTUGUESA DE GESTÃO & SAÚDE • N.º 20  7
   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12