Page 6 - em|FOCO REUMATOLOGIA
P. 6

6 PRÁTICA CLÍNICA

                          O peso das espondiloartrites
                          em Portugal

                     Problemas e soluções

   F. M. Pimentel
   dos Santos

Nos últimos anos, as                    individuais e em termos societais.    “O EpiReumaPt                       estabelecimento de “corredores”
espondiloartrites têm vindo             Estudos anteriores mostram            estimou uma                         que facilitem o acesso a exames
a adquirir protagonismo                 que a incapacidade funcional é o      prevalência de                      complementares de diagnóstico
no âmbito das Doenças                   principal determinante dos custos     1,6% para as                        em tempo útil poderão contribuir
Reumáticas Inflamatórias. O             associados à doença, triplicando o    espondiloartrites,                  para atingir aquele objetivo. Será
melhor conhecimento das suas            valor por cada ponto adicional no     colocando-as como as                também essencial promover uma
manifestações clínicas e dos seus       Health Assessment Questionnaire       doenças reumáticas                  maior e melhor participação dos
mecanismos fisiopatológicos, a          disability index modified for the     inflamatórias mais                  doentes, pelo que é necessário
introdução de índices metrológicos      SpA (HAQ-S). A atividade da           comuns”, refere o                   garantir a existência de
que permitem uma monotorização          doença e as co-morbilidades são       especialista                        mecanismos que promovam a sua
mais objetiva da evolução da            fatores adicionais que contribuem                                         adequada informação. Finalmente,
doença, a introdução de novos           para o aumento dos custos totais      fazia terapêutica anti-TNF.         uma gestão eficaz das diferentes
métodos de imagem como                  associados à doença.                  Neste contexto, faz sentido         opções terapêuticas contribuirá de
a ecografia e a ressonância             A realidade Portuguesa em             defender que se criem condições     forma adicional para o sucesso na
magnética nuclear que, para             2007/2008, avaliada através           que possibilitem não só o           abordagem destes doentes.
além da monitorização, podem            da análise de uma amostra             estabelecimento do diagnóstico      O futuro parece assim ser
também contribuir para um melhor        de conveniência envolvendo            e a instituição da terapêutica      promissor, mas será necessário
diagnóstico e o aparecimento            369 doentes recrutados em             numa fase precoce da evolução       o envolvimento continuado dos
de novos medicamentos, têm              11 serviços de Reumatolgia            da doença, mas também a sua         doentes, clínicos e cientistas.
contribuído para criar um ambiente      nacionais, mostrava um cenário        monitorização frequente em
de curiosidade e interesse              algo cinzento. Documentou-se um       termos de atividade e repercussão                 F. M. Pimentel
crescente por estas doenças.            atraso de cerca de oito anos entre    funcional. Deste modo, será                       dos Santos
A estes aspetos associa-se a            o início dos primeiros sintomas e     possível fazer de forma adequada                  Assistente
prevalência destas doenças              o estabelecimento do diagnóstico      os ajustes necessários da                         Graduado de
na população. Recentemente,             (só em 14% dos casos era inferior     terapêutica instituída. Este tipo                 Reumatologia do
o EpiReumaPt estimou uma                a um ano). Nesta população, os        de abordagem parece ser crucial                   CHLO, Hospital de
prevalência de 1,6% para as             valores médios de BASDAI, BASFI,      para melhorar o prognóstico                       Egas Moniz; Prof.
espondiloartrites, colocando-as         BASMI e de mSASSS eram de 4,2,        da doença mas implica uma                         Auxiliar da NOVA
como as doenças reumáticas              4,1, 4,0 e 21, respetivamente, o que  reorganização dos serviços                        Medical School
inflamatórias mais comuns.              traduzia uma elevada atividade        de saúde. O aparecimento de
Tratando-se de doenças crónicas,        da doença, com importante             clínicas de espondiloartrites
que afetam preferencialmente            repercussão funcional, metrológica    com envolvimento de diferentes
indivíduos jovens (em 80% dos           e radiológica. Estes valores não      profissionais de saúde, médicos
casos, os primeiros sintomas            traduziam, porém, um cenário          (reumatologistas, dermatologistas,
surgem indivíduos antes dos 30          restrito a Portugal uma vez que não   gastroenterologistas,
anos), com um envolvimento              eram muito diferentes dos descritos   oftalmologistas,…) e não
músculo-esquelético (esqueleto          em outras populações. De forma        médicos (enfermeiros,
axial, esqueleto periférico e           adicional, constatou-se que, se a     psicólogos, farmacêuticos,…), e o
enteses) e sistémico, é fácil           grande maioria dos doentes estava
perceber que possam ter um              medicada com anti-inflamatórios
grande impacto em termos                não esteroides (79,1%), apenas 22%

JORNAL MÉDICO – em | FOCO REUMATOLOGIA
   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11