A Assembleia da República (AR) vai debater a nova Lei de Bases da Saúde, aprovada em 13 de dezembro em Conselho de Ministros, no próximo dia 23 de janeiro, foi ontem decidido na conferência de líderes parlamentares.

Published in Atualidade

Um estudo internacional concluiu que base genética que predispõe ao consumo de canábis é comum em 24% à da esquizofrenia, isto é, as pessoas que sofrem de esquizofrenia têm maior risco de consumir canábis.

Published in Atualidade

O estado de Illinois promulgou uma lei que facilita o acesso ao canábis para fins medicinais, como alternativa aos analgésicos opioides responsáveis por milhares de mortes nos Estados Unidos.

Published in Atualidade
terça-feira, 10 julho 2018 15:18

PR promulga canábis para fins medicinais

O Presidente da República (PR) promulgou, hoje, a utilização da canábis com fins medicinais, aprovada em junho pela Assembleia da República (AR).  

Published in Atualidade

O ministro da Saúde defendeu, hoje, que o uso da canábis para outros fins sem ser terapêuticos é uma matéria que “carece de ponderação” e de avaliação de experiências em curso noutros países.

Published in Atualidade

O diretor-geral do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), João Goulão, considera que o debate em torno da regulação do uso recreativo da canábis deve ser alargado a todas as substâncias ilícitas.

Published in Atualidade
sexta-feira, 15 junho 2018 15:04

Canábis: Uso medicinal aprovado no parlamento

A Assembleia da República aprovou, hoje, a utilização de canábis para fins medicinais, na votação final global de um texto da comissão parlamente de Saúde, originado por projetos de lei do BE e PAN.

Published in Atualidade

A Comissão de Saúde aprovou, hoje, o texto final do projeto-lei sobre utilização da canábis para fins medicinais, que reforça o papel do Infarmed e introduz a possibilidade de o laboratório militar contribuir para a produção destes medicamentos.

Published in Atualidade
Pág. 2 de 3
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas