Displaying items by tag: vagas

quarta-feira, 08 agosto 2018 10:30

Concurso: 117 vagas médicas ficaram por preencher

O concurso para a entrada de médicos recém-especialistas no Serviço Nacional de Saúde (SNS) ficou com 117 das 1.234 vagas por preencher. A Ordem dos Médicos (OM) sublinhou que o número de candidatos foi mais alto do que é habitual.

Published in Atualidade
Tagged under
sexta-feira, 27 julho 2018 10:41

Região Norte tem 289 vagas para médicos

A região Norte tem 289 novas vagas para médicos de diferentes especialidades para as áreas Hospitalar, Cuidados de Saúde Primários e Saúde Pública no âmbito do concurso que visa a contratação de recém-especialistas.

Published in Atualidade

Os Hospitais do Algarve, de Évora, de Coimbra e o Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC) são os que estão autorizados a contratar o maior número de médicos recém-especialistas, segundo despachos hoje publicados.

Published in Atualidade
sexta-feira, 15 junho 2018 10:38

FNAM exige transparência na atribuição de vagas

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) exige a transparência na atribuição de vagas, após tomar conhecimento do mapa de vagas para o acesso às especialidades publicado pela Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS).

Published in Atualidade
Pág. 3 de 3
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?
Editorial | Denise Cunha Velho
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?

Sou do tempo em que, na Zona Centro, não se conhecia a grelha de avaliação curricular, do exame final da especialidade. Cada Interno fazia o melhor que sabia e podia, com os conselhos dos seus orientadores e de internos de anos anteriores. Tive a sorte de ter uma orientadora muito dinâmica e que me deu espaço para desenvolver projectos e actividades que me mantiveram motivada, mas o verdadeiro foco sempre foi o de aprender a comunicar o melhor possível com as pessoas que nos procuram e a abordar correctamente os seus problemas. Se me perguntarem se gostaria de ter sabido melhor o que se esperava que fizesse durante os meus três anos de especialidade, responderei afirmativamente, contudo acho que temos vindo a caminhar para o outro extremo.