No primeiro semestre deste ano realizaram-se menos 3,8 milhões de consultas presenciais nos cuidados de saúde primários (CSP) do que no mesmo período de 2019, enquanto nos hospitais foram feitas menos 902 mil consultas nas unidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Published in Atualidade

A ministra da Saúde afirmou hoje que, contando com as não presenciais, na primeira metade do ano se realizou menos um milhão de consultas do que no mesmo período de 2019, quando foram feitas 31 milhões.

Published in Atualidade

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) reduziu a atividade programada no primeiro semestre deste ano devido à pandemia de Covid-19 face ao período homólogo, com menos de 16% de consultas e 29% de cirurgias, disse hoje a sua administradora.

Published in Atualidade

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, defendeu a criação de um programa excecional para recuperar atrasos nas consultas, cirurgias e meios de diagnóstico devido à Covid-19.

Published in Atualidade

O número de consultas médicas e de enfermagem feitas nos centros de saúde da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), no primeiro semestre do ano, fixou-se nos 6.551.880, representado uma redução de 11% face a 2019.

Published in Atualidade

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) assegurou "mais de oito milhões de consultas não presenciais", desde o início do ano, representando um aumento de 65% face a 2019, afirmou hoje a secretária de Estado Adjunta e da Saúde.

Published in Atualidade

Os centros de saúde do Norte realizaram, em junho, mais 118 mil consultas do que em 2019, na sua grande maioria por telefone ou videoconferência devido à Covid-19.

Published in Atualidade

O secretário da Saúde da Madeira, Pedro Ramos, informou que em abril, em plena pandemia de Covid-19, foram realizadas 41.548 consultas médicas na região, e anunciou que os centros de saúde vão reforçar as respostas à população.

Published in Atualidade
Pág. 1 de 2
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas