A primeira fábrica em território nacional de produção de canábis medicinal vai assegurar 200 postos de trabalho até ao final do ano, em Cantanhede, anunciou o CEO da Tilray, Brendan Kennedy.

Published in Atualidade

O parlamento chumbou hoje os projetos de lei do Bloco de Esquerda (BE) e do partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) com vista à legalização da canábis para uso recreativo.

Published in Atualidade

A Ordem dos Farmacêuticos (OF) é inteiramente contra a legalização da canábis para fins recreativos, considerando que os projetos de lei assentam em pressupostos incorretos e generalistas.

Published in Atualidade

A legalização da canábis para uso recreativo vai estar hoje em debate no parlamento, com a apresentação dos projetos de lei do BE e do PAN.

Published in Atualidade

O cultivo, fabrico e comércio da canábis para fins medicinais só poderá ser feito depois da autorização do Infarmed, devendo ser atualizada todos os anos.

Published in Atualidade

O bastonário dos médicos, Miguel Guimarães, quer que a Ordem dos Médicos tome uma posição sobre o uso de canábis para fins recreativos, lembrando o impacto que uma eventual legalização pode ter na saúde das pessoas.

Published in Atualidade
Pág. 1 de 3
Deixar cair com violência o que é desnecessário e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
Deixar cair com violência o que é desnecessário e aproveitar a oportunidade

Assaltar o desnecessário. Rasgar a burocracia. Rejeitar o desperdício. Anular a perda de tempo. As aprendizagens da pandemia serão uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas