Portugal já efetuou mais de 3,2 milhões de testes de diagnóstico à Covid-19 e a aplicação móvel de rastreio de contactos ‘StayAway Covid’ já teve mais de 2,4 milhões de 'downloads', anunciou ontem a ministra da Saúde.

Published in Atualidade

“A aplicação StayAway Covid só tem utilidade em complementaridade com outras medidas de controlo da pandemia e o seu interesse é escasso isoladamente”, afirma a Ordem dos Médicos (OM), opondo-se à obrigatoriedade de instalação da app.

Published in Atualidade

O primeiro-ministro pediu ontem ao parlamento para "desagendar" a apreciação na sexta-feira do diploma que continha a obrigatoriedade do uso da aplicação "Stayaway Covid", ficando apenas a proposta "consensual" do PSD sobre a imposição do uso da máscara.

Published in Atualidade

O primeiro-ministro admitiu que “houve má compreensão e seguramente má explicação” sobre a utilização obrigatória da aplicação StayAway Covid, em relação à qual há um “grande desconhecimento”, e considerou ser “mais restritivo das liberdades” a obrigatoriedade da máscara.

Published in Atualidade

A Ordem dos Médicos está contra a obrigatoriedade da instalação da aplicação StayAway Covid por não existir evidência científica de que a sua utilização contribua para a diminuição da incidência de Covid-19.

Published in Atualidade

A aplicação de rastreio StayawayCovid-19 foi descarregada por 177.470 'smartphones' entre quarta-feira e quinta-feira, revelou ontem o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC).

Published in Atualidade

A Associação D3 [Defesa dos Direitos Digitais] admite avançar com uma providência cautelar para travar a obrigatoriedade de instalar a aplicação StayAway Covid e defende que “as Apps obrigatórias não pertencem a uma Europa democrática”.

Published in Atualidade

O presidente dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) disse ontem que a aplicação de rastreio ‘StayAway Covid’, que já foi descarregada por mais de um milhão de pessoas, vai ser agilizada.

Published in Atualidade
Pág. 1 de 2
A mudança necessária
Editorial | Jornal Médico
A mudança necessária

Os últimos meses foram vividos por todos nós num contexto absolutamente anormal e inusitado.

Atravessamos tempos difíceis, onde a nossa resistência é colocada à prova em cada dia, realidade que é ainda mais vincada no caso dos médicos e restantes profissionais de saúde. Neste âmbito, os médicos de família merecem certamente uma palavra de especial apreço e reconhecimento, dado o papel absolutamente preponderante que têm vindo a desempenhar no combate à pandemia Covid-19: a esmagadora maioria dos doentes e casos suspeitos está connosco e é seguida por nós.

Mais lidas