A Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo (SPEDM) vai assinalar os 100 anos da Insulinoterapia, comemorados mundialmente em 2021, com uma exposição itinerante em colaboração com o Museu Maximiano de Lemos da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Published in Atualidade
A Comissão Executiva das Comemorações do Centenário da Descoberta da Insulina, constituída por elementos de várias entidades ligadas à investigação e tratamento da diabetes, desenvolveu um programa de comemorações para assinalar os 100 anos da descoberta da insulina, que irá decorrer em 2021.
Published in Atualidade

Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal defende que devem ser criados mecanismos de apoio para as pessoas com diabetes

Published in Atualidade
No dia 10 de dezembro, às 21h00, decorrerá um evento virtual de formação médica nas áreas da diabetes e insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida, intitulado “O Paradigma da Diabetes e da Insuficiência Cardíaca está a mudar”.
Published in Atualidade

Cem anos depois da descoberta da insulina por cientistas canadianos, cerca de metade dos 100 milhões de pessoas que precisam desta hormona para tratamento da diabetes não tem acesso ao produto, segundo dados divulgados a 26 de novembro.

Published in Atualidade

A Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP) desafiou hoje o Governo a testar as pessoas com diabetes que estão em risco de serem contagiadas, alertando que se forem infetadas com Covid-19 podem descompensar e agravar os seus internamentos.

Published in Atualidade

“As novas moléculas permitem às pessoas viver mais tempo e com maior qualidade de vida”, nota Miguel Melo, endocrinologista do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, em declarações ao Jornal Médico, sobre as novas terapêuticas para o tratamento da diabetes tipo 2. Leia a entrevista.

Published in Entrevistas
Pág. 1 de 13
A mudança necessária
Editorial | Jornal Médico
A mudança necessária

Os últimos meses foram vividos por todos nós num contexto absolutamente anormal e inusitado.

Atravessamos tempos difíceis, onde a nossa resistência é colocada à prova em cada dia, realidade que é ainda mais vincada no caso dos médicos e restantes profissionais de saúde. Neste âmbito, os médicos de família merecem certamente uma palavra de especial apreço e reconhecimento, dado o papel absolutamente preponderante que têm vindo a desempenhar no combate à pandemia Covid-19: a esmagadora maioria dos doentes e casos suspeitos está connosco e é seguida por nós.

Mais lidas