Declaradamente voltado para o futuro, o EADV 2019 apostou numa conferência inaugural dedicada a temas como a inteligência artificial (IA), big data em Medicina, machine learning, entre outros.

Published in Atualidade

Na véspera do arranque da Reunião da Primavera 2019 da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV), o dermatologista e presidente da SPDV, Miguel Peres Correia, dá as boas-vindas aos cerca de 200 participantes e afirma-se seguro de que o programa científico vai ser enriquecedor, permitindo atualizar e melhorar a prática clínica. Uma menção especial à adesão esperada: “A presença em número elevado de dermatologistas é marca da força da nossa especialidade”, diz o dermatologista.

Published in Entrevistas

Para o vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV), António Massa, a Reunião da Primavera 2019 “vem na linha do que temos feito até aqui, ou seja, será essencialmente composta por simpósios de atualização, quer no que toca a diagnóstico, quer, consequentemente, no que concerne ao tratamento das patologias versadas”.

Published in Atualidade

O conceito de fotoreparação no contexto da proteção solar refere-se à capacidade de um produto (cápsula / comprimido / creme / loção ou spray) poder reparar ou reverter os danos induzidos pela radiação solar na pele. Este é um conceito novo, de acordo com a especialista em Dermatologia e Venereologia, Leonor Girão, que explica que, até aqui, “falava-se na proteção solar conferida pelos filtros solares, sendo que o mecanismo de ação dos mesmos só atuava no momento da exposição à radiação – absorvendo ou refletindo a mesma ao nível da pele”. Agora vai-se mais além: substâncias com a capacidade ou potencialidade de reparar as alterações nefastas induzidas pela radiação solar nas células cutâneas, mesmo após a exposição já ter ocorrido. Ou seja, reparar um dano já existente. “Isso é particularmente importante nas lesões cutâneas ditas pré-malignas (queratoses e queilites actínicas), nas condições clínicas mais suscetíveis aos danos solares (imunossuprimidos ou submetidos a quimio e radioterapia), nos fototipos mais baixos (mais vulneráveis à radiação por menor produção de melanina) e, claro, quando há uma predisposição genética para cancros cutâneos (por exemplo, xeroderma pigmentosum e albinos)”, de acordo com a dermatologista.

Published in Entrevistas

Apesar da descoberta de uma cura “estar ainda distante, o futuro do tratamento da psoríase parece ser promissor”. Quem o afirma é o dermatologista do Centro Hospitalar Universitário do Porto, Tiago Torres, explicando que o aparecimento das terapêuticas biológicas alterou por completo o paradigma da abordagem da doença moderada-a-grave. Assim, a psoríase, “anteriormente vista como uma doença de muito difícil tratamento, tornou-se na patologia inflamatória crónica mais eficazmente tratada”.

Published in Entrevistas

Nove idosos foram operados às cataratas e mais de duas dezenas tiveram consultas de dermatologia gratuitas. Trata-se de um projeto desenvolvido no âmbito de uma parceria estabelecida entre o município local e Fundação Álvaro Carvalho (FAC).

Published in Atualidade
Pág. 1 de 2
Redimensionar as listas de utentes e rever a Carreira Médica é um imperativo
Editorial | Jornal Médico
Redimensionar as listas de utentes e rever a Carreira Médica é um imperativo

A dimensão das listas de utentes e a Carreira Médica são duas áreas que vão exigir, nos próximos tempos, uma reflexão e ação por parte dos médicos de família.

Mais lidas