Contagem decrescente para o 39.º Encontro Nacional MGF
DATA
28/03/2022 10:46:56
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Contagem decrescente para o 39.º Encontro Nacional MGF

Começa já dia 30 de março o 39.º Encontro Nacional de Medicina Geral e Familiar (MGF), que irá ocupar o Centro de Congressos de Aveiro, até dia 2 de abril, sob o mote “MGF no Centro da Saúde”.

Nuno Jacinto, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), ressalva a importância do evento para o reconhecimento do papel do médico de família, e para os cuidados de saúde primários (CSP) que são “um pilar essencial” não muito valorizado. Assim, considera necessário trazer a debate assuntos importantes “para a nossa agenda e para a agenda de quem pode decidir”.

O programa do Encontro conta com alguns momentos-chave. No primeiro dia serão selecionadas dez fotografias para exposição durante o evento e atribuído um prémio à melhor, sob o tema “Resiliência”, que inclui um livro dedicado à fotografia e uma inscrição gratuita no 40.º Encontro Nacional de MGF.

No dia 31 de março, decorrerá a sessão “A MGF pelo Mundo”, que dará a conhecer várias experiências da especialidade, moldadas por diferentes regiões do globo e sistemas de saúde. Marcarão presença na sessão Alexandre Gouveia, Alberto Pais e Marta Fragoeiro, três médicos de família portugueses que desenvolveram as suas carreiras além-fronteiras.

Já no dia 1 de abril, são vários os momentos a não perder. “O papel dos sindicatos no novo futuro da MGF” é o tema da sessão que contará com o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) e com a Federação Nacional dos Médicos (FNAM), que visa “antever as principais batalhas de reivindicação e afirmação da MGF num futuro a curto e médio prazo e numa fase em que o Serviço Nacional de Saúde atravessa grandes pressões e dificuldades”.

Serão também apresentadas as cinco propostas finalistas da iniciativa “Vende-nos o teu projeto”, uma parceria entre a APMGF e a Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica (AICIB), destinada a impulsionar a investigação na área dos cuidados de saúde primários.

A “WONCA 2025” será também uma sessão importante, onde se discutirá a abrangência de atuação e o papel internacional da WONCA, onde serão expostas oportunidades disponibilizadas aos associados da APMGF através de eventos, redes e grupos de interesse da estrutura.

Nuno Jacinto revela que, além da partilha de conhecimento, esperam “ouvindo os sócios e todos os colegas, ajudar a contribuir para a definição do caminho da Associação para os próximos meses, para os próximos tempos, e perceber quais são as prioridades, quer a nível de políticas de saúde, quer a nível da carreira, da organização de unidades, e também da parte científica e dos conhecimentos”. Contudo, o que também ambicionam é colocar os CSP, os centros de saúde e os médicos de família “no centro das decisões”.

Pode consultar todas as informações sobre o evento aqui.

You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade
Editorial | António Luz Pereira, Direção da APMGF
You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade

No ano de 2021, foram realizadas 36 milhões de consultas médicas nos cuidados de saúde primários, mais 10,7% do que em 2020 e mais 14,2% do que em 2019. Ou seja, aproximadamente, a cada segundo foi realizada uma consulta médica.