SNS realizou 654.711 cirurgias entre janeiro e novembro de 2021, número mais elevado em 10 anos
DATA
13/01/2022 17:36:47
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



SNS realizou 654.711 cirurgias entre janeiro e novembro de 2021, número mais elevado em 10 anos

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) realizou nos primeiros onze meses de 2021 mais de 654 mil intervenções cirúrgicas, o maior número da última década para períodos homólogos, de acordo com dados avançados à agência Lusa.

Os dados do Ministério da Saúde, indicam que entre janeiro e novembro de 2021 o SNS realizou 654.711 intervenções cirúrgicas, “mais 23,5% que no período homólogo de 2020 (529.986) e mais 0,4% que em 2019 (652.105)”, ano pré-pandemia.

De acordo com o Portal da Transparência, entre janeiro e novembro de 2011 foram realizadas “567.156 cirurgias, número que subiu para 577.807 em 2012 e para 593.342 em 2013. Já em 2014, foi registada uma ligeira descida, para 590.038 cirurgias realizadas, voltando a aumentar em 2015 (603.554), em 2016 (614.794), em 2017 (623.576), em 2018 (624.937) e 2019 (652.105)”. Em 2020, o ano do início pandemia, o número de cirurgias caiu para 529.986, tendo recuperado no ano passado para as 654.711.

Uma fonte do Ministério da Saúde explicou que os dados começaram a ser agregados em 2010, ano em que foram feitas 603.482 intervenções cirúrgicas até novembro, data que estabelece o início dos dados agregados. “Portanto, até novembro, temos o maior número de cirurgias acumuladas desde que há registo”, frisou.

Do total de cirurgias realizadas em 2021, perto de 567.400 foram cirurgias programadas e quase 87.300 foram intervenções cirúrgicas urgentes.

Comparando os dados acumulados a novembro de 2021 com os dados acumulados a novembro de 2019, as instituições que registaram maiores aumentos de cirurgias foram o Hospital de Braga, EPE (+34,8%), o Hospital de Cascais, PPP (+27,5%), o Centro Hospitalar Entre o Douro e Vouga, EPE (+17,8%), o Centro Hospitalar de Leiria, EPE (+17,1%) e o Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho, EPE (+12,9%).

You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade
Editorial | António Luz Pereira, Direção da APMGF
You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade

No ano de 2021, foram realizadas 36 milhões de consultas médicas nos cuidados de saúde primários, mais 10,7% do que em 2020 e mais 14,2% do que em 2019. Ou seja, aproximadamente, a cada segundo foi realizada uma consulta médica.