35% dos portugueses prefere medicamentos de marca a genéricos
DATA
30/11/2021 17:02:54
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




35% dos portugueses prefere medicamentos de marca a genéricos

Um estudo realizado pela DECO Proteste concluiu que 35% dos portugueses continua a optar pelos medicamentos de marca ao invés dos genéricos.

Três quartos dos portugueses referiram confiar nos medicamentos genéricos, no entanto, quando têm de comprar um medicamento sujeito a receita médica, 35% prefere os de marca. Segundo o estudo, 18% dos portugueses não acreditam que os efeitos terapêuticos dos medicamentos genéricos sejam iguais aos dos medicamentos de marca. Os medicamentos genéricos apresentam um preço entre 20 a 35% inferior ao de marca.

O estudo concluiu, ainda, que 68% dos portugueses acreditam que o medicamento genérico é tão eficaz como o medicamento de referência, mas só menos de metade dos inquiridos (47%) concordam que os genéricos não causam mais reações adversas do que os de marca. Embora reconheçam que o preço é mais baixo, mais de um terço (36%) não sabe que os genéricos permitem poupanças ao Serviço Nacional de Saúde.

#sejamestrelas
Editorial | António Luz Pereira
#sejamestrelas

Ciclicamente as capas dos jornais são preenchidas com o número de novos médicos. Por instantes todos prestam atenção aos números. Sim, para muitos são apenas números. Para nós, são colegas que se decidiram pelo compromisso com os utentes nas mais diversas áreas. Por isso, queremos deixar a todos, mas especialmente aqueles que abraçaram este ano a melhor especialidade do Mundo uma mensagem: “Sejam Estrelas”.

Mais lidas