Investigação vai permitir estudar o impacto do consumo de massa no índice glicémico
DATA
25/10/2021 14:21:06
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Investigação vai permitir estudar o impacto do consumo de massa no índice glicémico

Um protocolo entre a Milaneza, marca do grupo Cerealis, e a NOVA Medical School (NMS) vai permitir estudar as características dos hidratos de carbono e o seu impacto nos níveis de glicemia dos portugueses.

 

“A ingestão de fibra tem vários benefícios como a redução do colesterol e da pressão arterial, mas uma das grandes vantagens é a sua contribuição para a diminuição do índice glicémico. Quanto menor o valor de índice glicémico, menor o efeito na subida do açúcar no sangue (após ingestão dos alimentos). Este dado pode ajudar-nos a selecionar alimentos cujo aporte de fibra ajude a controlar o teor de açúcar no sangue”, esclarece a responsável pela área de Inovação e Desenvolvimento da Cerealis, Margarida Bacelar.

Sublinha ainda que “é, por isso, importante analisar os hábitos de consumo e adotar estratégias que tenham impacto positivo na saúde”.

Já a coordenadora da licenciatura em Ciências da Nutrição da NMS, Conceição Calhau, refere que os estudantes do mestrado integrado em Medicina e daquele curso, envolvidos em estudos clínicos na referida área, "podem capacitar a indústria e completar a sua missão de fornecer mais informação sobre o impacto no consumo”. 

Os estudantes da citada licenciatura da NMS “terão ao longo da sua formação pré-graduada contacto com temas relevantes para a indústria, desde indicadores de saúde, tecnologia associada à produção de produtos com maior interesse nutricional, assim como na análise do impacto do seu consumo em parâmetros clínicos”, acrescenta.

#sejamestrelas
Editorial | António Luz Pereira
#sejamestrelas

Ciclicamente as capas dos jornais são preenchidas com o número de novos médicos. Por instantes todos prestam atenção aos números. Sim, para muitos são apenas números. Para nós, são colegas que se decidiram pelo compromisso com os utentes nas mais diversas áreas. Por isso, queremos deixar a todos, mas especialmente aqueles que abraçaram este ano a melhor especialidade do Mundo uma mensagem: “Sejam Estrelas”.

Mais lidas