Fundação para a Saúde apela a esforço conjunto dos portugueses
DATA
27/01/2021 15:06:24
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Fundação para a Saúde apela a esforço conjunto dos portugueses

Atuais e anteriores dirigentes da Fundação para a Saúde – Serviço Nacional de Saúde (FSNS) assinaram um documento público no qual apelam para a unidade e determinação de todos os portugueses. O pretendido é que seja possível superar a crise pandémica no mais curto espaço de tempo.

No documento encontram-se recomendações para uma atuação mais eficaz por parte de atores políticos, comunidade científica, dispositivos de saúde pública, comunicação social e população em geral.

A resposta à pandemia “passa pela ação concertada de todos. Pelo cumprimento rigoroso de medidas e ações que reduzam abrupta e imediatamente a intensidade da transmissão do vírus na comunidade. É a única forma de baixar o número de doentes graves, travar a perda de vidas, e evitar o colapso do SNS e do sistema de saúde”, pode ler-se no documento.

A FSNS acrescenta que “aos dispositivos de saúde pública e dos cuidados a montante dos hospitais deve ser concedida prioridade máxima de reforço de meios” e que devem ser asseguradas a “suficiente capacidade de realização dos inquéritos epidemiológicos, identificação, testagem e isolamento dos infetados”.

Os subscritores sublinham que, enquanto nação, cabe a todos “evitar que o aumento descontrolado de pessoas infetadas leve o SNS e o sistema de saúde a um colapso que colocará em perigo de vida milhares de pessoas com Covid-19 e com muitas outras doenças e acidentados, que não poderão ser tratados”.

“Apelamos para a unidade e determinação de todos os Portugueses para que seja possível superar esta crise no mais curto espaço de tempo possível”, concluem.

A "hiperventilação" dos Cuidados de Saúde Primários
Editorial | Joana Romeira Torres
A "hiperventilação" dos Cuidados de Saúde Primários
A Organização Mundial de Saúde alude que os Cuidados de Saúde Primários (CSP) são cruciais para a obtenção de promoção da saúde a nível global. Neste sentido, a Organização Mundial dos Médicos de Família (WONCA) tem estabelecido estratégias que têm permitido marcar posição dos mesmos na comunidade médica geral.

Mais lidas