Covid-19: UE e países associados superam fasquia dos cinco milhões de casos
DATA
21/10/2020 10:58:56
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Covid-19: UE e países associados superam fasquia dos cinco milhões de casos

A UE e países associados superaram já os cinco milhões de casos positivos de Covid-19 desde o início da pandemia, revelam os dados ontem atualizados pelo Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doenças (ECDC).

De acordo com o organismo com sede em Estocolmo, a 20 de outubro estavam confirmados já 5.039.783 casos de Covid-19 no conjunto dos 27 Estados-membros da União Europeia (UE), mais Reino Unido e os três parceiros associados ao Espaço Económico Europeu, designadamente Noruega, Islândia e Liechtenstein.

A Espanha é o país com um maior número de casos assinalados desde o início da pandemia, com 874.449, seguida de França (910.277), Reino Unido (741.212), Itália (423.578) e Alemanha (373.167), enquanto Portugal surge na 12.ª posição da tabela, já acima dos 100 mil casos.

De acordo com o ECDC, já morreram no conjunto da UE e países associados 202.062 pessoas vítimas do novo coronavírus, tendo o maior número de óbitos sido registado no Reino Unido (43.726), seguido de Itália (36.616), Espanha (33.992) e França (33.623).

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 40,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um recente balanço feito pela agência francesa AFP.

A mudança necessária
Editorial | Jornal Médico
A mudança necessária

Os últimos meses foram vividos por todos nós num contexto absolutamente anormal e inusitado.

Atravessamos tempos difíceis, onde a nossa resistência é colocada à prova em cada dia, realidade que é ainda mais vincada no caso dos médicos e restantes profissionais de saúde. Neste âmbito, os médicos de família merecem certamente uma palavra de especial apreço e reconhecimento, dado o papel absolutamente preponderante que têm vindo a desempenhar no combate à pandemia Covid-19: a esmagadora maioria dos doentes e casos suspeitos está connosco e é seguida por nós.

Mais lidas