Guilherme Macedo: médico português eleito presidente da Organização Mundial de Gastrenterologia
DATA
04/10/2019 12:01:48
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Guilherme Macedo: médico português eleito presidente da Organização Mundial de Gastrenterologia

O diretor do Serviço de Gastrenterologia do Centro Hospitalar Universitário de São João, no Porto, Guilherme Macedo, foi nomeado presidente-eleito da Organização Mundial de Gastrenterologia (World Gastroenterology Organization – WGO), anunciou hoje a unidade de saúde.

"O nosso papel no mundo, nesta área do conhecimento, ultrapassa a inevitável demonstração da competência clínica, técnica e científica, abraça e exprime uma capacidade particular de compreender e atuar nas múltiplas frentes que a gastrenterologia apresenta à escala global, nas vertentes de ensino, assistência e investigação", afirma Guilherme Macedo, citado em comunicado.

Para o médico português, a “muito prestigiada e universalmente aclamada Organização Mundial de Gastrenterologia com a nobre missão de promover a saúde digestiva” é uma plataforma de intervenção em todo o mundo, do mais desenvolvido ao menos apetrechado.

“É, sem dúvida, uma grande distinção para a gastrenterologia portuguesa. A presença portuguesa é muito marcante e agora reconhecida em todos os seus principais programas educativos e assistenciais”, sublinhou.

A Organização Mundial de Gastrenterologia, fundada em 29 de maio de 1958, é uma federação que engloba mais de 100 sociedades e associações nacionais de gastroenterologia, representando mais de 50.000 gastrenterologistas no mundo.

DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, Médico de Família e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Depois de três meses de confinamento é necessário aceitarmos a prudência de DES”confinar sem DISconfinar. Não vamos querer “morrer na praia”! As aprendizagens da pandemia Covid-19 são uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde com uma nova visão e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas