SPMI: Controlo da dor crónica deve ser uma prioridade
DATA
27/08/2019 11:20:04
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


SPMI: Controlo da dor crónica deve ser uma prioridade

A Sociedade Portuguesa da Medicina Interna (SPMI) vai realizar um curso dedicado à dor crónica nos próximos dias 13 e 14 de setembro, em Lisboa. A iniciativa destina-se a internos e especialistas de Medicina Interna, assim como a médicos de outras especialidades.

Segundo Paulo Reis Pina, formador deste curso e internista com competências em Medicina da Dor, Medicina Paliativa e Geriatria pela Ordem dos Médicos, “esta atividade formativa tem como objetivo dotar os participantes de conhecimentos ao nível das classificação da dor crónica, mecanismos e vias de transmissão da dor, indicações terapêuticas e técnicas não farmacológicas usadas neste âmbito, bem como capacitá-los para a correta avaliação e gestão terapêutica da dor”.

No que respeita à importância deste curso, o formador acrescenta que “o controlo da dor deve ser encarado como uma prioridade ao nível da continuidade de cuidados, transversal a todas as tipologias, de modo a tornar-se um fator decisivo para a indispensável humanização dos cuidados prestados”.

COVID e não-COVID: Investimentos para resolver novos e velhos problemas
Editorial | Rui Nogueira, Médico de Família e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
COVID e não-COVID: Investimentos para resolver novos e velhos problemas

Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência terminou e o estado de calamidade passou, mas o problema de saúde mantem-se ativo. É urgente encontrar uma visão inovadora e adotar uma nova estratégia. As unidades de saúde precisam de encontrar respostas adequadas e seguras.

Mais lidas