SPMI dá conselhos para ultrapassar onda de calor
DATA
02/08/2018 11:06:04
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


SPMI dá conselhos para ultrapassar onda de calor

A Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) alerta para a importância de adotar alguns cuidados durante o período de onda de calor, que vai afetar Portugal nos próximos dias.

As temperaturas poderão chegar, em algumas regiões do país, a máximas de 45 graus e mínimas de 30. A SPMI alerta que os idosos e as crianças são os grupos de maior risco, no entanto todos devem cumprir alguns cuidados.

“Nos idosos o principal problema é a sua menor capacidade de termorregulação, ou seja, o seu organismo não tem a mesma capacidade para dar resposta às elevadas temperaturas”, afirma o médico internista Vasco Barreto.

Já as crianças “são particularmente sensíveis à desidratação e porque até uma certa idade não se conseguem exprimir, por exemplo para pedir água”, acrescentou o especialista.

Beber água, optar por locais mais frescos, evitar andar na rua nas horas de maior calor ou ir à praia nestes períodos, ingerir alimentos mais frescos e leves, várias vezes ao dia, usar roupa clara, menos apertada e mais fresca (de preferência algodão), usar chapéus e óculos de sol e usar protetor solar são alguns dos conselhos da SPMI.

Crónicas de uma pandemia anunciada
Editorial | Jornal Médico
Crónicas de uma pandemia anunciada

Era 11 de março de 2020, quando a Organização Mundial de Saúde declarou o estado de Pandemia por COVID-19 e a organização dos serviços saúde, como conhecíamos até então, mudou. Reorganizaram-se serviços, redefiniram-se prioridades, com um fim comum: combater o SARS-CoV-2 e evitar o colapso do Serviço Nacional de Saúde, que, sem pandemia, já vivia em constante sobrecarga.

Mais lidas