Entrevistas

“O investimento na inovação não é incompatível com a reorganização dos cuidados de saúde”

Por iniciativa da “World Heart Federation”, a 29 de setembro é assinalado o Dia Mundial do Coração. O president...
28 setembro 22 | 15:29
Entrevistas

Insuficiência cardíaca: como combater a “epidemia do século XXI”?

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morbimortalidade e de custos com a saúde em Portugal. Dentro destas, a prevalência da insu...
28 setembro 22 | 15:22
Atualidade

Intervenção terapêutica no doente hipertenso com fatores de risco associados

A propósito do Dia Mundial do Coração, recuperamos a experiência de Ana Correia de Oliveira, especialista em Medicina Geral e ...
28 setembro 22 | 15:20
Entrevistas

Dislipidemia: como manter sob controlo este fator de risco cardiovascular prevalente? 

Dados recentes mostram que, em Portugal, a dislipidemia continua a ser um fator de risco cardiovascular bastante prevalente, sendo muitas vezes sub...
28 setembro 22 | 15:13
Opinião

Ana Teresa Timóteo: “As mulheres e as doenças cardiovasculares – um paradigma a modificar.”

Leia o artigo de opinião da autoria de Ana Teresa Timóteo, cardiologista, no Hospital Santa Marta, CHULC, de Lisboa,...
28 setembro 22 | 9:23
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve
Editorial | Gil Correia
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve

É quase esquizofrénico no mesmo mês em que se discute a carência de Médicos de Família no SNS empurrar, por decreto, os doentes que recorrem aos Serviços de Urgência (SU) hospitalares para os Centros de Saúde. A resolução do problema das urgências em Portugal passa necessariamente pelo repensar do sistema, do acesso e de formas inteligentes e eficientes de garantir os cuidados na medida e tempo de quem deles necessita. Os Cuidados de Saúde Primários têm aqui, naturalmente, um papel fundamental.