Jornal Médico Grande Público

Angola investe 203 ME em infraestruturas hospitalares
DATA
17/09/2018 16:54:35
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Angola investe 203 ME em infraestruturas hospitalares

O Governo angolana desbloqueou 203,88 milhões de euros (ME) para obras em seis infraestruturas hospitalares, entre as quais a construção e apetrechamento da Unidade de Tratamento de Queimados em Luanda.

Em causa está um despacho assinado pelo Presidente da República, João Lourenço, ao qual a agência Lusa teve acesso, autorizando a abertura de seis concursos públicos nas províncias de Luanda, Cabinda, Cuanza-Norte e Cuanza-Sul, de acordo com as prioridades definidas no Plano de Desenvolvimento Nacional 2018-2022.

O plano prevê a construção e apetrechamento da Unidade de Tratamentos de Queimados, no valor de123,57 ME, do Centro Nacional de Emergência Médica, 26,67 ME, da Morgue Central de Cabinda, no valor estimado de 2,7 ME e do Hospital Municipal em Porto Amboim, na província de Cuanza Sul, orçado 26,5 ME.

O despacho presidencial prevê, ainda, a reabilitação do bloco operatório do Hospital do Prenda, em Luanda, no valor estimado 11,66 ME e do Hospital do Dundo, no Cuanza Norte, orçado em 12,7 ME.

O investimento total, de 203,88 ME, comporta a contratação dos serviços de fiscalização das empreitadas.

Saúde Pública

news events box

Mais lidas