Jornal Médico Grande Público

ARS Norte não pode assumir compromisso de novo hospital da Póvoa/Vila do Conde
DATA
28/03/2017 10:17:29
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



ARS Norte não pode assumir compromisso de novo hospital da Póvoa/Vila do Conde

A Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN) afirmou “não poder assumir o compromisso” da construção de um novo Centro Hospitalar para a Póvoa de Varzim e Vila do Conde.

No comunicado emitido, a ARSN relembra a moção aprovada, recentemente, pela Assembleia Municipal de Vila do Conde, defendendo a construção de um novo equipamento de saúde para as duas cidades, mas considera que "constrangimentos orçamentais" condicionam essa pretensão.

"O Conselho Diretivo da ARSN informa que, não estando em causa a possibilidade de tal pretensão [construção de raiz de um hospital] no futuro poder vir a ser satisfeita, nesta fase, por uma questão de constrangimentos orçamentais, não é possível assumir tal compromisso", pode ler-se no comunicado.

A ARSN considera, por outro lado, ser "financeiramente possível" um investimento nas atuais instalações do centro hospitalar, nas duas cidades, vincando que está em curso uma avaliação das intervenções necessárias a serem feitas "num curto espaço de tempo".

"Com o objetivo de salvaguardar a prestação de cuidados em segurança e conforto aos cidadãos e garantir as melhores condições de trabalhos aos profissionais em exercício nas Unidades Hospitalares de Vila do Conde e Póvoa de Varzim, está a decorrer um levantamento de necessidades de modo a que, no mais curto espaço de tempo praticável, possa ser efetuado o investimento necessário e, neste momento, financeiramente possível”, indica.

Na última quarta-feira a Assembleia Municipal de Vila do Conde aprovou, por unanimidade, uma moção que defende a construção de raiz de um novo Centro Hospitalar que sirva o concelho e também o município vizinho da Póvoa de Varzim.

Recorde-se que há três semanas tinha sido a Assembleia Municipal da Póvoa de Varzim a aprovar uma moção de apoio à realização de obras de ampliação do Centro Hospitalar local e de recusa da deslocalização de valências para unidades privadas ou fora dos concelhos.

Registe-se

news events box

Mais lidas